julho 19 2016 0comment

Velocidade será essencial para que o volume de dados sobreviva ao Big Data

Em 1819, uma mensagem levaria 27 dias para fazer a travessia do Oceano Atlântico. Exatamente um século depois, esse mesmo trajeto poderia ser feito em apenas três dias, embarcando no primeiro voo transatlântico direto. Mais um século passou e já estamos conectados ao mundo todo em tempo real. Estamos lidando com mais de dois bilhões de usuários de redes sociais e smartphones ao redor do mundo – e todos eles gerando valiosos dados.

Então imagine que, ao continuar neste ritmo de crescimento, a previsão de mais de 50 bilhões de dispositivos conectados à Internet até 2020. Neste caso, estamos tratando de um volume de dados de dezenas de milhares de petabytes por dia. É algo tão massivo que, até o momento da informação ser armazenada e processada por métodos tradicionais, ela corre o risco de se tornar irrelevante diante da velocidade exigida nos negócios.

Este é o assunto postado no site do SAS, que alerta sobre a importância da velocidade para a entrega e processamento do volume de dados.

Para ler a matéria completa, acesse: http://migre.me/uh929

Fonte: sas.com

julho 07 2016 0comment

SAS Cloud Analytics: A solução que pode ajudar PME’s

2016 é um grande ano para as PME’s brasileiras que desejam investir em análise de dados. O SAS classificou que o pacote de ofertas em nuvem será uma das suas principais estratégias do ano para atender pequenas e médias empresas e demandas departamentais de grandes corporações no país.

O grande diferencial da solução é que os clientes terão à disposição uma oferta pure cloud legítima e com processamento em memória. A ferramenta será ofertada em três opções:

A primeira é uma oferta de SaaS que contempla recursos de análise sem que o cliente tenha que se preocupar com temas relacionados à infraestrutura computacional. A tecnologia permite realizar mineração de dados, previsão de demanda, segmentação de clientes, data Discovery, gestão de campanhas e muito mais.

A segunda opção disponibilizada localmente é a de IaaS, que contempla uma parceria com a Teradata para contratação de um applicance já configurado para utilização de laboratórios de descoberta de dados e Advanced Analytics.

Por fim, há uma opção batizada de Result-as-a-Service. A fabricante afirma que a solução entrega respostas aos desafios de negócios, sem a necessidade de se preocuparem com investimentos em infraestrutura, times especializados e até softwares.

As empresas precisam apenas disponibilizar os dados em templates customizados para todas as necessidades, e assim, terão à disposição toda a inteligência do SAS trabalhando nas respostas mais assertivas.

Para saber um pouco mais como a ferramenta funciona, o SAS disponibiliza no canal do Youtube um vídeo explicativo:

 

Fonte: Computer World