agosto 18 2020 0comment

BIG DATA x BIG ANALYTICS: ENTENDA A DIFERENÇA

Muito se ouve falar sobre esses dois termos: Big Data e Data Analytics e muitos acabam achando que se trata da mesma coisa, mas são duas coisas diferentes. Para acabar de vez com as dúvidas, acompanhe o restante do texto.

Embora seja possível ter uma especialização em Big Data, o termo refere-se apenas ao amontoado de informações acumulados on e offline. É o Data Analytics, por outro lado, que permite que essas informações sejam analisadas e compreendidas pelos negócios, com o objetivo de prever tendências e acompanhar métricas.

Big Data

Big Data diz respeito a uma porção de dados, acumulados com o passar do tempo, por empresas e outros tipos de fontes de informação. O que o diferencia de outros tipos de dados é o grande volume que ocupa, cuja tendência de crescimento é exponencial.

De maneira simples, Big Data são quantidades de dados tão grandes que os equipamentos e softwares utilizados para analisar informações tradicionalmente se tornam obsoletos, mas que são úteis para que possamos avaliar problemas que não poderiam ser observados de outra forma.

O Big Data está sempre relacionado aos 3Vs: volume, velocidade e variedade. Eles se referem, respectivamente, à quantidade de informação que acumulamos, à velocidade com que esses dados crescem e aos diversos formatos disponíveis.

 

Data Analytics

Data Analytics é um processo que envolve examinar dados para tirar conclusões úteis para os negócios. Ele é feito através de softwares especializados e tecnologias, que são utilizados amplamente em indústrias para ajudar as empresas a tomarem decisões.

O termo Data Analytics se refere a uma porção de aplicações, como as ferramentas de BI, o que torna essa disciplina similar ao Business Analytics. A diferença entre os dois é que, enquanto o último é focado no uso de dados dentro dos negócios, o Data Analytics tem um foco mais amplo, podendo ser utilizado também em pesquisas acadêmicas, por exemplo.

Big Data e Analytics oferecem valor diferente para as empresas e são dois conhecimentos essenciais para quem planeja incrementar o currículo e se preparar para as mudanças no mercado de trabalho. 

Até o próximo post!

julho 21 2020 0comment

3 maneiras de valorizar o trabalho da sua equipe à distância

Muitas empresas tiveram que remodelar a forma de trabalho de suas equipes como consequências geradas pela pandemia da Covid-19. Os gestores perceberam que é possível tocar suas operações sem que os funcionários estejam reunidos em um único lugar. Porém, apesar de suas vantagens (que não podem ser totalmente apreciadas por conta do momento de quarentena), esse modelo de trabalho tem, sim, seus desafios.

O mais conhecido é o distanciamento que pode ocorrer dentro das equipes, já que ausência de um escritório elimina as interações sociais responsáveis por estabelecer parcerias dentro dos grupos. Sem falar em trabalhos como avaliações de desempenho (já que relacionamento é um dos pontos analisados) e promoções.

Listamos 3 formas que possam valorizar ainda mais o trabalho da equipe e permitir que a distância seja encurtada.

 

1) Forneça as ferramentas necessárias 

Os orçamentos podem estar apertados, mas os funcionários remotos devem ter tudo o que precisam para trabalhar com eficiência. De tecnologia e software pessoais a suprimentos básicos, como cadeiras, mesas e artigos de papel, não economize no essencial.

 

2) Reserve um tempo para ouvir e conectar-se com os demais 

Durante a Covid-19, muitas organizações descobriram o valor das reuniões de acompanhamento. É importante que os funcionários saibam que os gestores estejam disponível para ouvir novas idéias, responder a perguntas e discutir suas preocupações.
3) Aumente a transparência 

Organizações saudáveis são sempre honestas com suas equipes e, quando os funcionários trabalham remotamente, mantê-los atualizados é ainda mais importante manter as pessoas informadas. Por exemplo: você pode enviar uma atualização semanal por e-mail ou realizar reuniões on-line regulares, incentivando perguntas.

Como sempre, as reuniões são uma oportunidade perfeita para expressar reconhecimento pelo trabalho alheio. Ao conduzir os encontros, compartilhe exemplos específicos e tangíveis de trabalho que excederam as expectativas ou destaque alguém que se esforçou para ajudar um cliente ou colega.

maio 19 2020 0comment

Projeto que impulsiona a carreira de jovens, pretende transformar o Brasil por meio da TI

Existe uma escassez de mão de obra no mercado de TI no Brasil. E isso acontece em meio a uma crise econômica no país, com quase milhões de pessoas desempregadas, segundo os dados mais recentes do IBGE.  Ao mesmo tempo, estimativas da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (BRASSCOM) mostram que a área de tecnologia terá mais de 450 mil vagas abertas até 2024.

 

Buscando mudar esse cenário, nasceu o Movimento MeuFuturo.Digital, um ecossistema que que pretende integrar jovens, instituições de ensino, empresas contratantes, startups, governo, ONGs, entre outras entidades, com o objetivo de transformar o Brasil através da tecnologia.

 

Para isso, as ações já começaram e vão desde palestras em centros de formação e universidades a formação de grupos conectados para pensar iniciativas e ideias que impactem a sociedade,  criando um ecossistema que favoreça a atração, retenção e formação de talentos na área de TI. 

 

O projeto de transformação cultural exponencial nasce da urgência de fomento ao aprendizado, tendo a tecnologia como futuro e pautando-se na troca de ideias, experiência.. Já passou do momento de o Brasil fazer a sua própria disrupção e começar a se destacar como grande potência de TI e Digital mundial.

 

Para conhecer um pouco mais sobre o projeto, clique aqui.

 

Fonte: Canaltech