Projetos de Integração de Dados

Por Alessandro Lemes

Os projetos de Integração de Dados (Data Integration) permitem que uma organização acesse, integre, torne seus dados e seus processos de integração confiáveis e gerencie, baseado em regras corporativas e padrões de TI todos os seus ativos de informações.
Estes projetos garantem que dados confiáveis, abalizados e que possibilitem o seu uso estejam disponíveis para melhorar a eficiência operacional, diminuir os custos, minimizar os riscos e ampliar a vantagem competitiva.

Estes projetos podem ser antecedidos de análises de perfil de dados (Data Pofiling), análises de arquitetura de dados e outros tipos de esforços para entendimento do ambiente e necessidades atuais e futuras.
Projetos de Integração de Dados (Data Integration) podem ser compostos de diversas etapas, dependendo da maturidade dos processos existentes e do escopo desejado pelo cliente.

Segue abaixo alguns tópicos que podem ser atendidos em projetos desta natureza:

 Governança de dados

Existem soluções para a governança de dados que constituem a base para um programa eficaz. Esta solução assegura que os dados corporativos sejam confiáveis e que possam ser usados para aumentar os lucros, diminuir os custos operacionais, reduzir os riscos e a exposição de conformidade e para fornecer altos níveis de satisfação do cliente.

Principais produtos relacionados:

• Identificação de perfil e descoberta de dados.
• Gerenciamento de dados mestres.
• Monitoramento proativo da qualidade e da linhagem de dados.

✓ Migração de dados

A solução para migração de dados automatiza e simplifica os processos de migração de dados com uma combinação de tecnologia, metodologia e serviços. Com essa solução, sua organização de TI pode migrar os dados mais rapidamente com custos e riscos menores.

Principais produtos relacionados:

• Metodologia comprovada de implementação de práticas recomendadas.
• Serviços de migração de dados de ponta a ponta.
• Qualidade de dados.

 Qualidade de dados

A solução para qualidade de dados, quando bem conduzida, permite que a empresa confie em todos os seus dados – para todos os stakeholders, projetos e aplicações – o tempo todo. Esta solução fornece qualidade de dados persistente, transformando os dados corporativos em dados confiáveis.

Principais produtos relacionados:

• Monitoramento proativo de qualidade de dados e limpeza de dados.
• Ferramentas de qualidade de dados orientadas a negócios.
• Colaboração da TI e da área de negócios na manutenção da qualidade dos dados.

✓ Sincronização de dados

A solução para sincronização de dados, possibilita que a organização de TI sincronize os dados em todos os sistemas operacionais e transacionais. Essa solução pode ser desenvolvida para reutilizar a mesma lógica de negócios nos modos de sincronização de dados para garantir alto desempenho, maior consistência e custos mais baixos.

Principais produtos relacionados:

• Modos de sincronização em lotes, em tempo real e quase em tempo real.
• Monitoramento e correção da qualidade dos dados.
• Segurança de dados durante a sincronização.
• Armazenamento de dados.

✓ Armazenamento de dados

A solução para armazenamento permite que os departamentos de TI implementem DataMarts e data warehouses de departamentos e possam prontamente expandi-los para ambientes de armazenamento de dados empresariais. Isso acelera a implantação de projetos de armazenamento de dados empresariais, reduz custos e minimiza riscos.

✓ Arquitetura orientada a serviços

Esse tipo de solução, largamente divulgada no mercado (service-oriented architectures – SOA) fornece a base tecnológica para fornecer dados como um serviço, confiáveis, abalizados e que possibilitam a ação. Essa solução aprimora a capacidade da SOA de fornecer os dados que a empresa precisa (a qualquer momento, em qualquer lugar e da forma necessária) para continuar ágil e competitiva.

Universidades usam soluções de inteligência analítica em cursos de extensão

Pensando além, o SAS desenvolveu uma política estruturada não somente para atender o mercado acadêmico, mas especialmente para ajudar na disseminação de projetos de inovação tecnológica desenvolvidos por universitários.

Uma das instituições de ensino a aprimorar seus cursos com tecnologia SAS é a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), que conta com o apoio desse recurso no curso de extensão para simular a realidade dos negócios, facilitando o entendimento de estratégias aplicadas. Os alunos podem ver de perto as funcionalidades para gerenciamento de riscos ou para definir segmentação de clientes, por meio de análises preditivas.

Muitos departamentos da Universidade de Campinas (Unicamp) usam SAS. Há cerca de dois anos, a área de engenharia agrícola utiliza a tecnologia para mineração de dados. Há ainda iniciativas mais ousadas, como as desenvolvidas na Universidade do Chile, que queria oferecer um curso de Business Intelligence, e solicitou apoio ao SAS para a criação de uma disciplina focada em mineração de dados – parte integrante de um curso com foco em gestão.

Com essa atitude, a indústria assume o compromisso com o fomento à pesquisa e ao desenvolvimento de trabalhos científicos, auxiliando na formação de profissionais mais qualificados.

Fonte: SASCOM

CURIOSIDADE – A história do SAS

Você conhece a história do SAS?

SAS (pronuncia-se “sass”) significava “sistema de análise estatística”, e começou na Universidade Estadual da Carolina do Norte como um projeto para analisar a pesquisa agrícola. Como a demanda por esse tipo de software cresceu, o SAS foi fundado em 1976 para ajudar a todos os tipos de clientes – desde empresas farmacêuticas e bancos a entidades acadêmicas e governamentais.

O SAS é um sistema integrado de aplicações para a análise de dados, que consiste em: Recuperação de dados, Gerenciamento de arquivos, Análise estatística, Acesso a Banco de Dados, Geração de gráficos, Geração de relatórios. Trabalha com quatro ações básicas sobre o dado: Acessar, Manipular, Analisar e Apresentar. Pode ser instalado em diversos ambientes operacionais disponíveis no mercado, sendo os programas e arquivos portáveis para qualquer um desses ambientes. Na verdade, é lendária sua portabilidade e disponibilidade. É difícil encontrar uma plataforma viva que não conte com sua versão de SAS.

Hoje, o SAS é usado em mais de 70 mil locais de 136 países, incluindo 93 das 100 maiores empresas da lista 2013 Fortune Global 500® list. E não é diferente no Brasil, onde grandes empresas de diversos segmentos (financeira a fovernamental), contam com as soluções do SAS para ter maiores e melhores informações sobre o seu negócio.

Cada vez mais profissionais da área de negócios, marketing, finanças e tecnologia, se aprofunda no conhecimento desta poderosa ferramenta. Muitas universidades brasileiras conceituadas, usam o SAS na grade curricular, para deixar os alunos ainda mais preparados para o mercado. Cursos e treinamentos de capacitação são oferecidos no mercado para que o profissional possa sempre se reciclar. Sem dúvida, o SAS , ganhando cada veez mais espaço no mercado, mostra que veio para ficar.

Fonte: SAS, Wikipedia

 

CONHECIMENTO – Cursos SAS Infomev

Que tal começar o ano aprendendo novas coisas ou se especializando em um assunto que você já conhece?

Com profissionais que ministram treinamentos SAS © há mais de 13 anos no Brasil, a Infomev conta com uma grade ampla de treinamentos abertos e in company que são ministrados nos formatos regulares e customizados de acordo com as necessidades diárias dos profissionais.

PROGRAMAÇÃO SAS (MÓD.I,II e III)

SAS MACRO (MÓD I e II)

SAS ENTERPRISE MINER (MÓD I e II)

SAS ENTERPRISE GUIDE (MÓD I, II e III)

LINGUAGEM SQL NO SAS

SAS IML

E se você ainda tem dúvidas sobre como funciona os treinamentos, confira o vídeo explicativo: