Velocidade será essencial para que o volume de dados sobreviva ao Big Data

Em 1819, uma mensagem levaria 27 dias para fazer a travessia do Oceano Atlântico. Exatamente um século depois, esse mesmo trajeto poderia ser feito em apenas três dias, embarcando no primeiro voo transatlântico direto. Mais um século passou e já estamos conectados ao mundo todo em tempo real. Estamos lidando com mais de dois bilhões de usuários de redes sociais e smartphones ao redor do mundo – e todos eles gerando valiosos dados.

Então imagine que, ao continuar neste ritmo de crescimento, a previsão de mais de 50 bilhões de dispositivos conectados à Internet até 2020. Neste caso, estamos tratando de um volume de dados de dezenas de milhares de petabytes por dia. É algo tão massivo que, até o momento da informação ser armazenada e processada por métodos tradicionais, ela corre o risco de se tornar irrelevante diante da velocidade exigida nos negócios.

Este é o assunto postado no site do SAS, que alerta sobre a importância da velocidade para a entrega e processamento do volume de dados.

Para ler a matéria completa, acesse: http://migre.me/uh929

Fonte: sas.com

infomev

Write a Reply or Comment