Tableau lista as 5 principais tendências em BI

Sem dúvida, os dados coletados em uma empresa têm se transformado em uma importante ferramenta, independente do segmento atendido, porte, etc..

Além dos avanços na interpretação dos dados, novas técnicas que são capazes de extrair valor surgem.

Baseado nisso, a empresa Tableau passou a acompanhar mais de perto essa evolução e apresenta as principais tendências em Business Intelligence, que serão listadas agora:

  1. Parceria entre Governança e Autoatendimento

 

As organizações, cada vez mais, se dá conta de que a governança de dados, quando feita corretamente, pode incentivar uma cultura de análise e atender às necessidades dos negócios. Os profissionais conseguem analisar seus dados com mais precisão quando as fontes de dados estão centralizadas, organizadas e rápidas e quando saem que alguém (equipe de TI) está cuidando da segurança e do desempenho.

2.  Análise virtual se torna uma linguagem comum

As pessoas estão visualizando seus dados para responder a perguntas, descobrir informações úteis e compartilhar histórias com profissionais de todas as áreas, especialistas ou não em dados. Da mesma forma, os empregadores buscam pessoas que possam analisar os dados com uma visão crítica. A análise visual será a linguagem comum que permitirá às pessoas descobrir informações úteis com rapidez, colaborar de forma significativa e criar uma comunidade voltada para os dados.

3. Integração de dados cada vez mais ágil

Atualmente, muitas empresas precisam de análises ágeis. Esse não é um desafio simples, porque os dados geralmente estão armazenados em vários lugares diferentes. Trabalhar com diversas fontes de dados pode ser tedioso, impossível ou ambos. Os exploradores de dados se conectarão a cada conjunto de dados em seus respectivos armazenamentos, usando métodos e ferramentas mais ágeis para fazer as combinações ou uniões necessárias.

4) Análises avançadas não se restringe apenas à analistas

Em todas as áreas das empresas, mesmo os profissionais que não são analistas estão cada vez mais exigentes. Eles querem fazer mais do que um gráfico com seus dados. As organizações adotarão plataformas que permitem aos usuários utilizar estatísticas, fazer uma série de perguntas e continuar no fluxo de suas análises.

5) Análise na Nuvem

Em 2015, as pessoas começaram a adotar a nuvem. Elas se deram conta de que colocar os dados na nuvem era fácil e que proporcionava uma análise mais ágil. Cada vez mais empresas também usarão a análise na nuvem para explorar mais dados com mais rapidez. Esse recurso passará a ser tão importante para elas quanto qualquer outro sistema essencial da empresa.

infomev

Write a Reply or Comment