Segmentação, por que adotá-la?

Muito se escuta falar sobre segmentação. Mas você sabe por que realmente devemos adotá-la em uma estratégia de negócio? Quais são os riscos envolvidos caso ela seja ignorada?

Pensando nesses questionamentos, a Infomev traz à tona este assunto tão importante no mundo business e esclarece as suas dúvidas.

Um dos fatores de maior importância da segmentação é poder entender (muitas vezes em profundidade) os hábitos de consumo dos clientes. Desta maneira as ações e estratégias de vendas são realmente direcionadas e focadas em um determinado grupo, com específicos hábitos e comportamentos. Assim, o produto ou serviço oferecido, adequado às suas necessidades, tem mais chances de suprir desejos ou necessidades específicas.

Uma outra abordagem da segmentação é a vantagem em especializar-se em produtos ou serviços específicos, diferenciando-se da concorrência, que muitas vezes oferecem produtos e promoções com o objetivo de atender a todos.

As segmentações podem ser classificadas de diversas maneiras: Demográfica (idade, sexo), Geográfica (bairro, cidade, estados), Psicográfica (estilo de vida, classe social) e Conduta (costumes, conhecimentos, comportamento). A partir deste roteiro determinado, você deve buscar o público que, de fato, vão adquirir o seu produto ou serviço (E NÃO AQUELES QUE SOMENTE O DESEJAM).

Uma campanha ou ação mal segmentada pode trazer inúmeros prejuízos, afinal apresentar um produto para alguém que não pode ou não quer comprá-lo, é uma perda de tempo, além de gastos desnecessários e, principalmente, distorção da imagem da sua empresa.

infomev

Write a Reply or Comment