Para o que você está dizendo não?

By Dulcineia Sañtos

Esta semana eu propus a um amigo que ficássemos uma semana sem dizer ¨não¨.

A coisa começou porque eu notei que a minha primeira reação é dizer ¨não¨, especialmente para coisas novas, desconhecidas. Aliás, eu começo frases com ¨não, mas¨. Não, mas eu quero mesmo é escrever todos os dias. Não, mas eu tenho certeza que vai dar certo.

Já notou quantas vezes dizemos ¨não¨ todos os dias? Para as crianças, para o parceiro, para o cliente, para nós mesmos.

Às vezes é necessário, eu sei. Mas às vezes falamos ¨não¨ pelo hábito mesmo. Eu me lembro de ver a filha de uma amiga pedindo para brincar no quintal, e ela disse: ¨não¨. Quando a criança saiu, eu perguntei: ¨É Domingo, está sol. Por que ela não pode brincar? Está de castigo?¨ Ela ficou olhando pra mim e nós começamos a rir, porque não havia motivo nenhum para ela não deixar a criança brincar.

E mesmo quando há um motivo, não haveria outras maneiras de dizer a mesma coisa? Muitas vezes não é sobre o que é dito, mas sobre como é dito. Carol Nalon, que trabalha com Comunicação Não-Violenta, fala muito sobre a empatia, e como é importante mostrar que entendemos a dor daquela pessoa. Ao invés de dizer ao seu cliente: ¨não é possível te reembolsar¨, que tal mostrar empatia e explorar possibilidades, ao invés de dificuldades? : ¨Sinto que este produto não atendeu às suas necessidades, esse tipo de coisa é realmente frustrante. Mas que tal efetuarmos um crédito para que você possa adquirir outro produto?¨

E quando dizemos ¨não¨ para nós mesmos? Às vezes é difícil reconhecer que você está fazendo isso. Você está reclamando que está sem namorada, por exemplo. Então vem o seu amigo e te convida para um almoço com vários amigos, uma oportunidade perfeita para conhecer gente nova. E você diz não.

A pergunta que eu realmente quero fazer pra você, no entanto, é: quando você diz não para isto, para o que está dizendo sim?

No exemplo acima: pode ser que no fundo, você goste de ser livre. Quando você diz não para a possibilidade de conhecer gente, está dizendo sim para as suas noites livres, para não dar satisfação à ninguém.

Como não estamos muito habituados a pensar assim, vou dar outro exemplo: você diz que quer mudar de carreira, mas não pensa ou procurar alternativas. Quando você diz não para uma nova carreira, pode estar dizendo sim para a sua zona de conforto, para um status que talvez você já tenha adquirido na carreira atual, para o desânimo de entrar numa sala de aula novamente para fazer um curso relacionado àquela carreira.

Te convido a aceitar o desafio e ficar algum tempo dizendo ¨sim¨. Para convites, para possibilidades, para gente que pensa diferente de você. Você pode começar aos poucos, com um dia por semana, por exemplo, e ir aumentando.

De minha parte, posso dizer, passados 3 dias do início do meu desafio, que quando você diz sim para a vida, a vida diz um SIM enorme pra você! 😉


Dulcineia Sañtos é Life Coach, certificada pelo NeuroLeadership Group em Londres.

www.dulcineiasantos.com

Related Post

infomev

Write a Reply or Comment