Dados, Informação, Conhecimento e Inteligência

É importante distinguir dados, informação, conhecimento e acrescentar o conceito de inteligência. A figura abaixo apresenta uma tabela. O valor 35 na 1ª linha com a 2ª coluna é um dado. Dados são representações de informações. Sozinhos não dizem nada. Quando entendemos que o 35 significa a idade do cliente José, em anos, estamos transformando o dado em informação. As pessoas trabalham com informações, mas a tecnologia armazena dados.

Já conhecimento seria: “Todos os clientes da cidade de SP têm saldo médio maior que 9 mil reais”. Notem,  isto não é uma informação explícita na tabela. Só conseguimos chegar a esse conhecimento se cruzarmos informações diferentes. Conhecimento, portanto, vem das informações. Mas está acima. As pessoas recebem muitas informações no seu dia a dia, mas nem tudo fica retido,  nem tudo é útil, nem tudo será utilizado mais adiante. O que resta, o que é útil, o que é utilizado forma o conhecimento desta pessoa.

Cliente

Idade

Saldo Médio

Cidade

José

35

9000

SP

João

30

4000

Santos

Ana

25

8600

Rio

Maria

23

3000

Ribeirão Preto

Carlos

34

9700

SP

Dados x Informação x Conhecimento

Já o conceito de inteligência (alguns chamam de sabedoria) está acima do conhecimento. Imagine um grupo de pessoas numa sala fechada (nada entra ou sai) recebendo uma tarefa: quebrar a cadeira onde estão sentados. Admitamos que todos possuem a mesma força física e foram criados e educados em famílias e escolas semelhantes. Ou seja, possuem o mesmo nível de conhecimento, obtido por estudos nas escolas, leitura em casa, viagens, experiência, etc. Algumas destas pessoas conseguirão resolver o problema e outras não. Mas por que, se todas possuem a mesma força física e os mesmos conhecimentos?  A diferença está na forma como cada um utiliza o conhecimento que tem e as conexões que faz em seu cérebro. Isto é inteligência, ou seja, saber resolver problemas utilizando o conhecimento que possui. E isto se aplica também em poder resolver problemas novos, usando adaptações, analogias, etc.

BI então, como o nome “inteligência” indica, deve ajudar pessoas e organizações a resolverem seus problemas e alcançarem seus objetivos.

Tenha em mente que os altos volumes de dados e informações nem sempre geram conhecimento se não forem adequadamente interpretados, além disso, a qualidade dos dados deve ser considerada para a adequada apuração e geração da informação e conseqüentemente obtenção do conhecimento.

No próximo encontro falaremos um pouco mais sobre a qualidade dos dados.

Até breve!

Foto de perfil de infomev

infomev

Write a Reply or Comment