Big Data pode movimentar mais de R$ 40 bi até 2018

Quando os dados são direcionados podem  fazer com que líderes e executivos tomem decisões até cinco vezes mais rápido e possuem  três vezes mais chances de realizar uma ação de acordo com o planejamento.

Por conta disso, o conceito de Big Data vem se ampliando e sendo adotado por empresas em todo o mundo. A expectativa do setor é que o mercado atinja um movimento de R$ 47 bilhões em 2018, afirma artigo publicado no portal canaltech.

O Big Data tem o poder de auxiliar na tomada de decisões e na diminuição de custos em empresas, o que evita o desenvolvimento de ferramentas que se tornariam obsoletas, desperdiçando recursos e mão-de-obra. Além disso, definindo o correto direcionamento das análises, os executivos podem fazer com que as empresas tornem seus negócios duas vezes mais rentáveis.

Para ler a matéria completa, clique no link:  http://corporate.canaltech.com.br/noticia/big-data/Setor-de-Big-Data-pode-movimentar-ate-R-47-bilhoes-em-2018/#ixzz3KkTtApNR

Fonte: canaltech

 

CARREIRA – Pós Graduação em BI (Portugal)

E para quem deseja em dar um “up” na carreira, confira este curso de pós graduação em Business Intelligence para a área da Saúde oferecido pela Universidade Nova de Lisboa.

Uma excelente oportunidade para quem deseja estudar fora do país.

O curso que tem como principais objetivos conhecer os desafios do novo mercado da saúde e em particular os instrumentos de planejamento e de controle de gestão nas organizações de saúde, além de permitir que o aluno possa utilizar aplicações analítica, de monitorização do desempenho das organizações e identificar os indicadores chave das aplicações analíticas no contexto da saúde tem a duração de 2 semestres e iniciam as aulas em fevereiro de 2015.

O curso é destinado para a gestores e profissionais de saúde que trabalham na área da gestão de informação e do conhecimento neste segmento.

Para maiores informações, basta acessar o site da universidade: http://www.isegi.unl.pt/GIBIS/

 

Big Data e CRM – Qual a diferença?

Recentemente o site CANALTECH publicou um artigo sobre a diferença entre esses dois conceitos íntimos, porém com suas particularidades que muitas vezes são confundidas. Confira!

Não existem dúvidas de que o conhecimento do consumidor será decisivo no comércio digital dos próximos anos. Existe quase que uma obsessão desse mercado por informações que facilitem a relação com os clientes. Hoje se fala muito do Big Data, mas, muitos o confundem com outras ferramentas de análises de mercado e comportamento do consumidor, como por exemplo, o CRM.

Uma rápida definição de Big Data

O Big Data consiste na utilização de grande quantidade de dados disponíveis, tanto online, quanto off-line, para aprimorar e desenvolver ações em um negócio.

Para isso o Big Data utiliza algumas ferramentas que, juntas conseguem unir dados de diversas fontes, provenientes, em sua maioria na rede mundial de computadores. A ideia é reunir essas informações e transformá-las em métricas claras para desenvolver um negócio e, principalmente escolher a melhor opção com base no cenário de mercado.

Se as empresas souberem usufruir do Big Data elas conseguirão entender melhor o mercado, bem como seus clientes e fornecedores.

Uma rápida definição de CRM

O CRM é uma ferramenta de gestão de clientes e vendas. Através dele, a equipe comercial tem acesso ao registro das vendas e contatos realizados com o cliente.

Também é possível acessar informações e opiniões dos clientes sobre a marca via callcenter, redes sociais ou outros veículos de comunicação.

Essa facilidade de registro de informações sobre o cliente auxilia a comunicação de ambas as partes, evitando gerar impaciência do cliente. Um exemplo bem comum de situações como essa é quando o cliente solicita auxílio num primeiro contato e, posteriormente, quando retorna, precisa explicar a mesma situação para outro funcionário da empresa.

Caso o CRM seja utilizado de forma correta, esse problema é minimizado e, as informações são apenas confirmadas. Dessa forma, o CRM fornece respostas claras e objetivas sobre a situação de seu negócio, bem como o relacionamento com seu cliente.

Diferenças entre Big Data e CRM

Podemos agora definir essa diferença. O CRM é uma ferramenta que analisa o comportamento e os anseios do cliente junto à empresa, seja tirando dúvidas, reclamando, elogiando ou realizando uma compra. Já o Big Data é mais complexo. Exige a utilização de algumas ferramentas que fazem a análise dos mais diversos dados, auxiliando o desenvolvimento de ações dentro do seu negócio. Os dados analisados podem inclusive ser parte integrante de um CRM.

Benefícios:

  • Análise do cliente e fornecedores passa a ser mais completa.
  • Decisões mais precisas, análise de seu impacto em longo prazo e, melhoria do benchmarking.

Quer ler o artigo completo? Acesse: http://corporate.canaltech.com.br/noticia/big-data/CRM-e-BIG-Data-qual-a-diferenca/#ixzz3IgObd4M5

Fonte: Canaltech